© Alice Jardim. Todos os direitos reservados.

1/6

SONS DO VAZIO . série fotográfica. 2010-2013

 

 

"Delicadeza, singeleza, espiritualidade... Sensações que habitam o Convento de Madalena. Espaços revelados vão delineando vazios repletos de significados. A alternância de luz que permeia toda a materialidade arquitetônica do convento cria, através de jogos de luz, diferentes cenários.

 

Ao perpassar a matéria revela memórias, sua intensidade narra circunstâncias. A partir dessa capacidade de manifestar-se de diferentes maneiras, delineia aqui, através das fotografias trazidas nesse capítulo, formas distintas de composição, uma minimalista, construída sobre o seu contraste com a sombra, e outra, que explora a cena retratada através de uma explosão das cores, externando texturas existentes e preexistentes no lugar.

 

A luz desdobra-se continuamente, declarando-se por vezes introspectivas e em outras, manifesta um caráter lúdico. Revelando evidências particulares".

 

Alice Jardim e Luisa Estanislau*

* Texto originalmente publicado no capítulo 'Sons do Vazio: Repertório Visual do Convento de Santa Maria Madalena'. In: Ana Claúdia Magalhães; Josemary Ferrare; Maria Angélica da Silva. (Org.). O Convento Franciscano de Marechal Deodoro: Santa Maria Madalena. 1ed.Brasília, DF: Instituto do Patrimônio Histórico Nacional / IPHAN, 2012, v. , p. 216-332. 

A série SONS DO VAZIO foi desenvolvida para compor a pesquisa sobre a presença franciscana no nordeste brasileiro, realizada pelo grupo de pesquisa Estudos da Paisagem (FAU/UFAL). Apresento aqui um pequeno recorte do ensaio fotográfico de minha autoria.